Peixe gratinado de mainha

peixe_gratinado-2-1

Eu e peixe temos uma relação meio estranha. De amor, às vezes, mas nem sempre. Não é de todo peixe e nem de todo modo de preparo que eu gosto. Adoro ceviche, sashimi, mas não é qualquer peixe cozido ou grelhado que me agrada. Falei que a relação era estranha… Aloka come peixe cru, mas não gosta de peixe cozido com “gosto de peixe”. Vai entender!

Na semana santa, minha mãe sempre gosta de fazer bacalhau. Acontece que aloka aqui também não curte muito bacalhau (me julguem! me internem!). Se só tiver bacalhau eu até como, mas não vou atrás. Então, mainha querendo sempre me agradar, fazia também um peixe gratinado delicioso que fiz questão de aprender pra fazer em casa quando desse vontade.

No rompante de desocupar o freezer, vi que tinha uns filezinhos de merluza e, para aproveitar, a primeira receita que me veio à cabeça foi o peixe gratinado de mainha, afinal de contas não gosto muito desse peixinho grelhado, daquele modo tradicional que todo mundo conhece.

Antes de começar o refogado, temperei os filés com um pouquinho de limão, sal e lemon pepper e deixei pegando um gostinho. Tempere os seus como você preferir.

Aqueça a panela e adicione um fio de azeite de oliva e, se você gostar, um fiozinho de azeite de dendê. Eu coloco! Sangue baiano, né… Mas cuidado para não exagerar, senão fica muito forte e rouba todo o sabor do prato. Azeite aquecido, doure a cebola e, quando estiver molinha, acrescente o alho. Alho poró também cai bem aqui, viu? Recomendo! Adicione tomates nesse refogado e vá cozinhando, pingando água se necessário. A decisão de tirar a pele e as sementes dos tomates eu deixo com você. Costumo tirar só a pele e olhe lá! Como eu tinha um molho rústico de tomate bem pedaçudo, que tinha feito no dia anterior, foi ele mesmo que usei.

Quando o molho estiver um pouco mais encorpado, coloque os filés (inteiros mesmo) e deixe cozinhar uns minutinhos. É bem rapidinho. Ajuste o sal e tempere como você gostar. Aqui vale pimenta do reino, noz moscada, coentro, salsinha. Vá mexendo com a colher e despedaçando o peixe, mas sem deixar ficar muito miúdo. Como usei merluza, fui tirando as espinhas mais aparentes. Com a mão mesmo. Ali com o fogo ligado. Cozinha é para os fortes! hahahaha

Pode ser que nessa hora você:

(a) Apenas use seus olhos de lince e tire as espinhas cantarolando uma música

(b) Se arrependa amargamente de ter usado merluza

(c) Não esteja nem aí e avise os comensais para tomarem cuidado

Como estava bem humorada, querendo fazer uma comidinha gostosa para esperar o Nêgo, fui na primeira opção.

Depois de retiradas as espinhas, coloque as azeitonas, as batatas e deixe cozinhar por apenas uns cinco minutos, para que as batatas não se desmanchem. Se achar necessário, vá pingando água, mas bem pouquinho, pois não deve ficar muito caldeado. Esse peixe é bem cremosinho. O tempero está legal? Finalize com umas boas colheradas, daquelas de mãe, de requeijão cremoso e com o creme de leite. Pode apagar, colocar em um refratário, salpicar queijo ralado e levar ao forno médio, pré aquecido, até dourar. Se gostar, depois que retirar do forno, coloque batata palha por cima.

Anote aí os ingredientes

Azeite de oliva e azeite de dendê (opcional) a gosto

1 cebola roxa grande picadinha

4 dentes grandes de alho

Alho poró fatiado fininho a gosto

2 tomates grandes picadinhos (se preferir, retire a pele)

1/2 pimenta dedo de moça sem as sementes (não usei porque o baiano da casa não se dá muito bem com pimenta, mas fica bom)

1,5 kg de filé de peixe

3 batatas raladas na parte mais grossa do ralador

Sal, pimenta do reino, noz moscada, cheiro verde a gosto

1 xícara de azeitonas picadas (eita! Esqueci de colocar as azeitonas!)

4 colheres de sopa (caprichadas) de requeijão cremoso

1 caixinha de creme de leite

Queijo parmesão ralado para gratinar

Batata palha (opcional)

peixe_gratinado-1-1 peixe_gratinado-3-1

Gente, até eu que não sou das maiores fãs de peixe, adoro essa versão gratinada que minha mãe me ensinou. Sempre faz sucesso em casa! Agora, a responsável por esse prato nas semanas santas sou eu. Mainha cuida só do bacalhau. ;-)

{Ana}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>