Cuidado, cozinha e conexão.

Ontem foi um dia como outro qualquer, tão especial quanto todos os dias de nossas vidas devem ser. Acordei antes do sol, saí para o trabalho, voltei para casa, salvei a gata que tinha ficado presa (e passado algumas horas do dia) no armário e percorri a casa imaginando qual seria o primeiro incêndio a combater a primeira tarefa a fazer. Tenho a impressão de que a lista de “coisas a fazer” de quem tem uma casa para chamar de sua não termina nunca. Sempre tem o que fazer. Sempre! É só dar uma olhada em volta. Fotografei o bolo indiano que fiz no dia anterior, e que não tinha fotografado ainda porque prefiro fazer as fotos com luz natural. Aproveitei para colocar as coisas da sala em seus devidos lugares. O controle remoto da televisão que insiste em ficar desaparecido embaixo da almofada, as revistas que deram espaço para o bolo modelo da foto, o carregador de celular que tinha sido esquecido na tomada. Até que não estava tão bagunçado.

Fui para a cozinha sem a menor ideia do que faria para jantar. Resolvi olhar o que tinha na geladeira. Encontrei alface americana, tomate, queijo branco da roça, espinafre, macarrão cozido. Lembrei de um potinho de grão de bico cozido que tinha no freezer. As ideias começaram a surgir. Adoro salada, mas morro de preguiça de higienizar as folhas e tal. Mas quer saber? Eu mereço esse cuidado! Quem plantou e colheu esse pé de alface também merece. Não sabia quantas horas eram e nem quanto tempo gastaria preparando tudo. O Nêgo estava trabalhando e quem me fez companhia, além da gata suicida, foi a #chatinha, do outro lado do mundo, pelo facetime. Ponto para a tecnologia. Higienizei as folhas de alface, para depois armazenar em saquinhos, as folhas de espinafre, cortei o tomate e o queijo. Tinha quinoa. Lavei e coloquei para cozinhar.

Conversa vai, conversa vem, a #chatinha me falava sobre o curso, as amizades, sobre o vizinho que implicava com ela. Eu perguntava sobre a comida (minha cara!) e ela me dizia o tanto de variedade de pratos vegetarianos que tem nos restaurantes em Boston e o tanto de coisas gostosas, vegetarianas e diferentes que sua mãe temporária faz. Reflexo no aumento dos dois números na calça, conforme ela relatou. Talvez eu nem a chame mais de #chatinha! Claro que falei pra ela aprender alguns pratos e fazermos juntas quando voltar. Acho que essa conversa foi, inconscientemente, me inspirando para um jantar sem carne. Outro dia conto sobre minha relação, nem bem e nem mal resolvida, com carne.

Enquanto a gente se conectava por meio de um aparelho celular, eu também me conectava com aqueles ingredientes e, principalmente, comigo mesma. Enquanto preparava o jantar, me sentia tão plena e poderosa, fazendo uma refeição saudável, cuidando de mim e da minha família. Como isso é gostoso! Parecia que o tempo tinha parado e que eu tinha todo o tempo do mundo. E realmente tinha. Estava cozinhando para mim e todos os outros afazeres podiam esperar. Cozinhava com calma, com carinho, com cuidado. Não tem como preparar uma comida com carinho e cuidado para outras pessoas se eu não cuidar de mim, se não me dedicar esse tempo.

Não consigo pensar em cozinha, em comida, sem pensar em cuidado. Apesar de os dicionários não trazerem, cuidado é amor.

Significado de Cuidado
s.m. Atenção; em que há cautela, prudência: cuidado ao atravessar esta rua! Esmero; aplicação e capricho ao realizar algo: trabalhava com muito cuidado. Preocupação; atenção maior em relação a: ele necessita de cuidados. Responsabilidade; dever de arcar com seus próprios comportamentos ou com as ações de outrem: cuidados médicos. [Por Extensão] O que é alvo dessa responsabilidade: eles estão sob seus cuidados.adj.Aprimorado; muito bem-feito; em que há primor, capricho: trabalho cuidado. Ponderado; sobre aquilo que se pensa em excesso: análise bem cuidada. Calculado; que foi previsto; muito ponderado: teve uma intenção cuidada. Tratado; que foi ou tem sido alvo de um algum tipo de tratamento especial: criança bem cuidada; cão mal cuidado.interj. Expressão de cautela e prudência: o cão está solto! Cuidado!
www.dicio.com.br

Ingredientes aleatórios se conectaram e resultaram em um jantar delicioso. Jantar com gostinho de vontade de cuidar. Cuidar de mim, cuidar do outro.

Penne com espinafre e creme de leite

Salada de quinoa, tomate, queijo branco, manjericão e castanhas na alface americana e homus

As receitas do bolo indiano que mencionei acima e do homus vão aparecer por aqui qualquer dia desses. :)

{Ana}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>